Cibridismo ou ciberhibridismo – você está nessa era


A ficção já aborda o ciberhibridismo há algum tempo. A transformação do humano em máquina tem sido tema de vários filmes como O Homem Bicentenário, Inteligência Artificial,O Exterminador do Futuro, Matrix entre outros; filmes em que a tecnologia se “incorpora” ao humano. E isso não está longe de nossa realidade.

Martha Gabriel em seu livro Marketing na Era Digital aborda vários assuntos que impactam na forma como planejamos e praticamos o marketing hoje em dia. Martha aborda também novos conceitos como ubiquidade (estar sempre conectados) e ciberhibridismo (Cyber + Híbrido – nosso corpo biológico integrado nas plataformas digitais).*

Em sua palestra na Campus Party hoje (07/02), Martha abordou como a tecnologia está inserida nas nossas vidas e como nossos perfis, avatares  e a telefonia movel fazem parte dessa nova era. Isso tudo reflete no que ela chama de nowism, o agora. As informações estão disponíveis quando e como quisermos. O que importa é o agora, passado e futuro fazem parte da vida, mas sem a importância que o agora representa na vida desse novo indivíduo. É o fim da separação entre o mundo on e off. As pessoas dormem com celular ao lado, tem os amigos e as redes nas mãos em smartphone, iPhones…

Nós comunicadores e gestores de marcas temos que nos atentar ao novo homem e reformular a maneira com que pretendemos antigí-lo. A comunicação não tem sido mais de massa como conhecemos, mas dirigida, personalizada, on demand; na forma que o consumidor deseja consumir. Tornando-se ele, muitas vezes, o meio de comunicação na web 2.0.

Sua comunicação de marca está preparada para esse novo homem?

* Para entender melhor, assista a palestra da Martha Gabriel no Youpix sobre ciberhibridismo

Anúncios

O que é Realidade Aumentada?

Ainda pouco usada em ações no Brasil, a Realidade Aumentada, é o uso de elementos virtuais à realidade física para aumentá-la, segundo Martha Gabriel em seu livro Marketing na Era Digital.

O uso de realidade aumentada tem sido utilizado até em filmes sem que  nos dessemos conta que tal artifício tecnológico fosse Realidade Aumentada.  É o caso do robô de O Exterminador do Futuro, quando Arnold Schwasnegger “escaneia” a pessoa e coloca camadas digitais sobre ela.

Outro exemplo legal, é a ação ligada ao mobile que o Bradesco fez para o Iphone 3.  Veja o vídeo abaixo:

Curtiu esse assunto? Comente conosco.