Insensato Coração e transmídia


A Rede Globo tem praticado o conceito de transmídia com muita propriedade em suas novelas.  Antes foi na novela Viver a Vida, em que a personagem Luciana fica paraplégica e cria um blog para falar sobre a vida de uma cadeirante e foi sucesso de acessos e comentários.

Mas o que é Transmídia? Se você não clicou no link na primeira frase, saiba que transmídia é o uso de várias mídias integradas, com narrativas e plataformas diferenciadas para contar uma estória (storytelling) ou vender um produto ou uma ideia. No caso desse post, é sobre a agência In Design da novela das nove: Insensato Coração.

Na novela, o personagem de Lázaro Ramos é André Gurgel, designer de sucesso da In Design. O fato é que a novela criou um site real da In Design que ajuda a continuar a estória da agência dentro do conceito de storytelling, criando uma união de TV, internet e mídia social e tornando-se uma transmídia. O site está muito bem trabalhado no sentido da comunicação e da navegação.

Do ponto de vista da realidade de uma agência, tanto na interação na novela quanto na realidade virtual aqui mostrada, não deixa nada a desejar. Site estruturado, interação com blog, inclusive com conteúdo atual (a arte do grafite). A estrutura da agência é impecável, diríamos que a equipe cenográfica da Rede Globo caprichou, mostrando a realidade estrutural de belas agências, tornando referencia e desejo das agências menores. O nível de clientes atendidos e apresentados são grandiosos, oferecendo oportunidade para product placement e merchandising das marcas e lançamentos de produtos, assim como fez a Natura, falando dos refis e embalagens com menor impacto ambiental (episódio 26/04) e a Kia, com o Kia Soul Flex da personagem Carol (Camila Pitanga), mostrando o design e o espaço do carro para transportar crianças.  Sobre a equipe, até a composição dos envolvidos se encaixa no dia-a-dia: um designer exibido e festeiro (André – Lázaro Ramos), a mocinha doce e inteligente (Marina Drumond – Paola Oliveira), o administrador chato, mão de vaca e invejoso (Julio – Marcelo Valle), executivos do marketing em ascensão (Carol – Camila Pitanga), e o publicitário nos moldes antigos buscando espaço no meio da nova safra de criatividade (Raul Brandão – Antônio Fagundes), e assim vai.

* Post feito à quatro mãos por Marcia Ceschini, planner digital e Tchelo Pereira, diretor de criação e planner estratégico da agência Chilli Comunicação.

Anúncios

Tudo novo

A Chilli Comunicação dá um novo passo no mercado. Sempre mantendo a comunicação de resultado como foco no nosso planejamento, a partir de agora, oferecemos às marcas e serviços comunicação integrada em mídia tradicional e digital.

Nosso planejamento não é fragmentado, pois acreditamos que a linha de comunicação deve ser única, porém realizada e disseminada na urgência desses tempos 2.0. Uma era em que sua marca já é falada e comentada em redes sociais, canais de compartilhamento de vídeo, comunidades, fan pages, blogs e microblogs.

A criação e gerenciamento de marca que fazemos desde o início do nosso surgimento é levado também para a esfera digital. Com um plus a mais: ferramentas que monitoram e mensuram como sua marca foi mencionada, por quem foi mencionada e qual o nível desta menção: positivo, negativo ou neutro.

Afinal,  a relação da Chilli Comunicação com os clientes é de total parceria. Seu problema de comunicação é problema nosso.