Cibridismo ou ciberhibridismo – você está nessa era


A ficção já aborda o ciberhibridismo há algum tempo. A transformação do humano em máquina tem sido tema de vários filmes como O Homem Bicentenário, Inteligência Artificial,O Exterminador do Futuro, Matrix entre outros; filmes em que a tecnologia se “incorpora” ao humano. E isso não está longe de nossa realidade.

Martha Gabriel em seu livro Marketing na Era Digital aborda vários assuntos que impactam na forma como planejamos e praticamos o marketing hoje em dia. Martha aborda também novos conceitos como ubiquidade (estar sempre conectados) e ciberhibridismo (Cyber + Híbrido – nosso corpo biológico integrado nas plataformas digitais).*

Em sua palestra na Campus Party hoje (07/02), Martha abordou como a tecnologia está inserida nas nossas vidas e como nossos perfis, avatares  e a telefonia movel fazem parte dessa nova era. Isso tudo reflete no que ela chama de nowism, o agora. As informações estão disponíveis quando e como quisermos. O que importa é o agora, passado e futuro fazem parte da vida, mas sem a importância que o agora representa na vida desse novo indivíduo. É o fim da separação entre o mundo on e off. As pessoas dormem com celular ao lado, tem os amigos e as redes nas mãos em smartphone, iPhones…

Nós comunicadores e gestores de marcas temos que nos atentar ao novo homem e reformular a maneira com que pretendemos antigí-lo. A comunicação não tem sido mais de massa como conhecemos, mas dirigida, personalizada, on demand; na forma que o consumidor deseja consumir. Tornando-se ele, muitas vezes, o meio de comunicação na web 2.0.

Sua comunicação de marca está preparada para esse novo homem?

* Para entender melhor, assista a palestra da Martha Gabriel no Youpix sobre ciberhibridismo

2 comentários

  1. Pingback: E para quem não entende a “utilidade” da Campus Party, duas dicas desta quarta #cpbr5 | A vida como a vida quer
  2. edvanlessa · fevereiro 9, 2012

    Texto bastante interessante. Gosto da forma como vocês tratam desses assuntos mais conceituais de modo que não pareça uma mera abordagem teórica, tampouco uma abordagem superficial de ‘temas práticos’.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s