Chillimercado360

A partir de hoje inauguramos a sessão Chillimercado360. Nessas publicações traremos projetos desenvolvidos por nós, acompanhados de comentários e  entrevistas com nossos clientes.

A coluna será publicada preferencialmente às quintas-feiras, já que na terça falaremos de comunicação e suas vertentes.

Então, para começar, abriremos a coluna com a própria Chilli. Como todos já sabem, uma agência de design e comunicação estratégica estabelecida em Araraquara, interior de São Paulo, com atuação nos mercados regionais, grande São Paulo e litoral Paulista.

Segundo o diretor de criação e um dos planners da agência, Marcelo “Tchelo” Pereira,a Chilli hoje é uma gestora de soluções (visuais e estratégicas) que ama marcas, desde sua elaboração à sua projeção na mídia e interação com o público. Do branding à publicidade, do digital ao pdv, amamos criar, projetar, interagir e colher resultados satisfatórios.”

Para quem não sabe, a Chilli aqui no Brasil, nasceu com a visão 360º após firmar parceria com a Chilli de Guadalajara, do México (uma “house” de assessoria de imprensa). “Essa parceria se formou em alguns meses após conhecermos (eu e o Tchelo) Mariáh Sanches, diretora e sócia da agência mexicana, no 17ª Festival de Publicidade de Gramado, em 2009. Estávamos em uma fase de reposicionamento e nova identidade, então era momento.”, diz Lucas Napoli, atendimento e sócio da Chilli360. Após 1 ano e meio de parceria, orçamentos, projetos e nada veiculado, anunciaram o fechamento da sede mexicana.

Desde então, vimos que qualidade se sobressaía na quantidade. A valorização de projetos é difícil na região, por isso optamos em buscar novos mercados [São Paulo, Santos, Ribeirão Preto e Rio Preto]. Isso nos rendeu em 3 anos um alicerce forte e estruturado.”, afirma “Tchelo”.

Quando falamos em postura de mercado e clientes, Lucas ressalta “Divido esse assunto em duas partes: Araraquara e outros mercados. Trabalhar em Araraquara com publicidade e comunicação é complicado. A cidade possui inúmeras agências e todas caminham para o mesmo sentido. Não existe valorização na área e os poucos que entendem ainda mostram-se receosos. É um mercado cruel. Quando falamos de outros mercados, não é muito diferente, mas a aceitação profissional e a ousadia se sobressaem.”

A agência que acaba de por na mídia um case para a internet com vídeos da LUPO/Neymar, dando sequência a campanha criada pela agência de São Paulo, G2, traz em seu portfólio projetos para a Força Aérea Brasileira, endomarketing para as Lojas Marisa, entre outros.

E logo mais teremos novidades, “Grandes novidades”, ressalta Tchelo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s